insanidade de Dutra pra cima da odebrecht Ambiental vai ferrar com Paço do Lumiar

Não devia, mas vou alertar o atual prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, que quer a tudo custo se vingar da Odebrecht Ambiental, cancelando a concessão pública que o município tem com ela sob argumentos fajutos.
A empresa havia cortado a água do atual prefeito, de um dos vários imóveis que possui. Desde então o Futi prometeu se vingar. a primeira invertida foi embargar obra de saneamento básico que a empresa estava fazendo e a segunda está sendo agora. 
Dutra articula uma maneira de inviabilizar os trabalhos da Odebrecht Ambiental para rescindir a Concessão Pública que ela ganhou em concorrência pública. 
Para refrescar a memória do Futi, olha o que aconteceu com São Luís na época de Jackson Lago.
Em 2001, através da SEMTUR (hoje SMTT), a Prefeitura de São Luís fez uma concessão pública à empresa INTERCONTINENTAL ENGENHARIA LTDA para operar estacionamento rotativo denominado de “Faixa Azul” no centro da cidade.
Sabe o que aconteceu?
O então secretário da SMTT, Jerry Abrantes (já falecido) não estava gostando dos serviços dessa empresa e inviabilizou sua prestação de serviço tirando a fiscalização do Centro de São Luís.
O que fez a empresa?
Entrou na justiça pedindo autorização para suspender a prestação dos serviços concedidos e a rescisão contratual. A justiça concedeu o pedido e em seguida a empresa prejudicada pediu indenização pelos prejuízos que a prefeitura lhe causou.
No final, a prefeitura de São Luís dançou. Foi condenada a pagar uma indenização de R$ 26.726.855,74 à INTERCONTINENTAL ENGENHARIA LTDA para reparar os danos emergentes e lucros cessantes da empresa, acrescidos de juros moratórios legais e mais correção monetária, que foram apurados em liquidação da sentença, na 1ª Vara da Fazenda Pública de São Luís. O valor acima está em precatório e a prefeitura de São Luís vai ter que pagar.
Dutra está caçando sarna pra se coçar. Se a odebrecht acionar seus poderosos escritórios de advogados, Paço do Lumiar poderá ser condenado a pagar um valor de mais de R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais) de prejuízos que serão causados à odebrecht com a rescisão antecipada do seu contrato de concessão que tem prazo de 35 anos.
Fica o alerta para o Futi e para a população de Paço do Lumiar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.