Justiça anula eleição fraudada por pastores das Assembléias de Deus, que se julgam exemplos de santidade

José Wellington Júnior, filho José Wellington Bezerra da Costa, um esquema forte.

A Convenção Geral das Assembleias de Deus (CGADB) vem dia após dia causando escândalos nesta igreja por disputa de poder entre seus pastores.

Comentem atos de capaz de invejar a quadrilha investigada pela Lava Jato. Na última eleição, um grupo de pastores das assembleia de Deus, inclusive do Maranhão ganharam uma eleição para a CGADB fazendo a inscrição irregular de 10.479 pastores. A turma é capitaneada pelo conhecido José Wellington Júnior, filho do atual presidente, José Wellington Bezerra da Costa. Eles comandam as Assembleias de Deus há mais de 20 anos e estão podres de rico.

Essa turma tem tanto poder, que resolveram até desacatar decisões na cara do juiz. É que   a Justiça mandou suspender a eleição fraudada por José Wellington Júnior e sua turma, os espertos pastores impediram a supervisão do processo por um interventor e a inclusão das 10.479 inscrições irregulares.

Na terça-feira (18), foi expedido um documento suspendendo o resultado e anulando todos os atos praticados pela Comissão Eleitoral da CGADB no dia 9. Portanto, José Wellington Júnior não pode mais se declarar presidente eleito.

Todo o processo eleitoral será reiniciado e nova votação será marcada, sob o comando do interventor nomeado. Caso a CGADB não publique essa notificação em seu site oficial, mais uma vez estará descumprindo uma Ordem Judicial.

A data oficial na nova eleição ainda não divulgada. Concorrerão novamente José Wellington Jr (São Paulo), Samuel Câmara (Pará) e Cícero Tardim (Paraná).

Pergunte para algum crente de qualquer igreja Assembleia de Deus se ele sabe o que está acontecendo? A resposta é que não tem conhecimento de nada. E por que não tem?

Porque esses esquemas são feitos só entre os pastores, e como numa seita, os membros só obedecem, são apenas servos desses espertos pastores, que são vorazes na cobrança de dízimos e ofertas para manterem suas extravagâncias. Os crentes só obedecem e pagam as suas salvações ao estilo das indulgencias católicas da época de Lutero.
Só migué! as intenções são outra$
Como diz o ditado: Quem tem bestas não compra cavalos… 

Confira o processo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.